Ações da China fecham em baixa com preocupações sobre recuperação e juros globais

XANGAI (Reuters) - As ações chinesas fecharam em queda nesta terça-feira, com novos dados comerciais ressaltando uma recuperação econômica desigual e com a queda dos mercados globais, uma vez que o entusiasmo dos investidores em relação a um possível pico nas taxas de juros globais perdia força.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com baixa de 0,35%, enquanto o índice de Xangai caiu 0,04%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, perdeu 1,65%.

As importações da China cresceram inesperadamente em outubro, enquanto as exportações contraíram em um ritmo mais rápido do que o esperado, em um conjunto misto de indicadores que mostrou que a recuperação da segunda maior economia do mundo continua desigual.

** As ações asiáticas interromperam uma sequência de três dias de ganhos nesta terça-feira, com a recuperação do mercado de títulos sendo interrompida e os investidores diminuindo o entusiasmo com relação a um possível pico nas taxas de juros globais.

Zhiwei Zhang, economista-chefe da Pinpoint Asset Management, disse que o crescimento das exportações permaneceu lento, já que o impulso econômico nos EUA e na Europa diminuiu.

"A China precisa confiar mais na demanda doméstica para impulsionar o crescimento", acrescentou Zhang.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei recuou 1,34%, a 32.271 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 1,65%, a 17.670 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC perdeu 0,04%, a 3.057 pontos.

Continua após a publicidade

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,35%, a 3.619 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 2,33%, a 2.443 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,21%, a 16.684 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,21%, a 3.173 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,29%, a 6.977 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes