Fed pode ter que fazer mais para levar inflação dos EUA de volta a 2%, diz Kashkari

(Reuters) - O Federal Reserve pode ter que fazer mais para levar a inflação nos Estados Unidos de volta à meta de 2%, dada a recente série de dados econômicos resilientes, disse o presidente do Fed de Minneapolis, Neel Kashkari, nesta terça-feira.

"Quando a atividade continua tão aquecida, isso me faz questionar se a política é tão rígida quanto supomos que seja atualmente", disse Kashkari em uma entrevista à Bloomberg Television. "Portanto, se a inflação voltar a subir e a atividade econômica continuar muito forte no lado real da economia, isso me diria que talvez precisemos fazer mais."

Ele acrescentou que atualmente não vê muitas evidências de que a economia esteja enfraquecendo.

Na semana passada, o banco central dos EUA manteve sua taxa de juros básica entre 5,25% e 5,50%, mas sinalizou que continua com a mente aberta quanto à necessidade de aumentar ainda mais os custos dos empréstimos para levar a inflação de volta à meta.

Os comentários de Kashkari ecoam os que ele fez na segunda-feira, quando disse que o Fed tinha mais a fazer para controlar as pressões sobre os preços.

(Reportagem de Lindsay Dunsmuir)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes