S&P 500 e Nasdaq têm maior série de altas em 2 anos com perspectiva sobre juros

(Reuters) - As ações dos Estados Unidos subiram nesta terça-feira, e os índices S&P 500 e Nasdaq registraram a mais longa sequência de altas diárias em dois anos, uma vez que uma queda nos rendimentos dos Treasuries impulsionou papéis de crescimento de megacapitalização, enquanto investidores buscam mais clareza sobre a trajetória de juros por parte do Federal Reserve (Fed).

O rendimento do Treasury de dez anos caminhava para quinta queda em seis dias, com expectativas de que o Fed tenha encerrado o ciclo de aumento dos juros. Os retornos ampliaram as perdas após um sólido leilão de 48 bilhões de dólares em notas de três anos. Leilões de Treasuries de dez e 30 anos também estão previstos para esta semana.

As apostas de que o ciclo de aumento da taxa básica de juros dos EUA está chegando ao fim aumentaram nos últimos dias, mas o mercado continua sensível à possibilidade de mais incrementos, e as autoridades do banco central dos EUA têm sido cautelosas nos comentários sobre a trajetória futura dos juros.

Os mercados precificam uma chance de 90,2% de que o Fed mais uma vez mantenha a taxa de juros inalterada na reunião de política monetária de dezembro, acima dos 68,9% de uma semana atrás, de acordo com a ferramenta FedWatch, da CME.

O Dow Jones subiu 0,17%, para 34.152,8 pontos. O S&P 500 ganhou 0,28%, para 4.378,38 pontos, e o índice de tecnologia Nasdaq avançou 0,90%, para 13.639,86 pontos.

O S&P 500 marcou o sétimo dia consecutivo de desempenho positivo e o Nasdaq registrou a oitava alta seguida, a maior sequência no azul de ambos em dois anos. O Dow teve o sétimo avanço consecutivo, o mais longo desde uma série de 13 sessões em julho.

(Por Chuck Mikolajczak)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes