Ibovespa segue NY e experimenta pausa em série de altas; Petrobras cai mais de 2%

SÃO PAULO (Reuters) - O Ibovespa recuava nesta quarta-feira, após orbitar os 120 mil pontos mais cedo, acompanhando o enfraquecimento de Wall Street, com a perda de mais de 2% da Petrobras na esteira do declínio do petróleo entre as maiores pressões de baixa.

Às 14:33, o Ibovespa caía 0,67%, a 118.472,55 pontos, após avançar a 119.975,84 pontos no melhor momento. O volume financeiro somava 12,5 bilhões de reais.

Parte do movimento reflete ajustes técnicos e realização de lucros, uma vez que o Ibovespa avançou na últimas cinco sessões, chegando a acumular uma alta de 6%, que aumenta para 6,6% se considerada a máxima apurada mais cedo nesta sessão.

Uma batelada de balanços corporativos também repercutia nos negócios, com Dexco e Arezzo na ponta negativa, enquanto Totvs e BTG Pactual figuram na coluna positiva após os respectivos resultados.

Após o fechamento, está prevista uma nova bateria, incluindo os números de Alpargatas, Banco do Brasil, Braskem, Casas Bahia, Cogna, Hapvida, Minerva e MRV&Co.

Números da B3 têm mostrado entrada de capital externo na bolsa neste começo de mês, com saldo positivo de 2,4 bilhões de reais nas primeiras três sessões, após, em outubro, as vendas superarem as compras em quase 2,9 bilhões de reais.

(Por Paula Arend Laier)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes