SoftBank tem prejuízo trimestral de US$5,2 bi com impacto da WeWork

Por Anton Bridge

TÓQUIO (Reuters) - O SoftBank Group apurou prejuízo trimestral de 5,2 bilhões de dólares, de acordo com dados divulgados nesta quinta-feira, seu quarto trimestre consecutivo no vermelho, em desempenho pressionado pela participação na WeWork, que já foi um de seus investimentos mais promissores.

A WeWork, startup de aluguel de espaços de coworking que chegou a ser avaliada em 47 bilhões de dólares, fez um pedido de recuperação judicial nos Estados Unidos na segunda-feira.

O SoftBank reportou prejuízo líquido de 789 bilhões de ienes (5,2 bilhões de dólares) no trimestre encerrado em setembro, contra lucro de 3,0 trilhões de ienes um ano antes, quando vendeu grande parte de sua participação na gigante chinesa de comércio eletrônico Alibaba.

A empresa registrou perdas de 234,4 bilhões de ienes relacionadas à exposição à WeWork no primeiro semestre do ano.

A derrocada da WeWork foi uma "grande vergonha", disse o diretor financeiro do SoftBank, Yoshimitsu Goto, em um briefing, acrescentando que a empresa precisa saber o que deu errado para ajudar em suas futuras atividades de investimento.

Mas ele também expressou uma nota otimista, dizendo acreditar que o SoftBank havia "chegado ao fundo" e estava progredindo em direção à lucratividade.

(Com reportagem adicional de Miyoung Kim)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes