Conteúdo publicado há 3 meses

Volkswagen prorroga acordos coletivos com sindicatos no Brasil até 2028

A Volkswagen anunciou nesta sexta-feira a extensão até 2028 dos acordos coletivos vigentes com os sindicatos das fábricas da empresa em São Bernardo do Campo, Taubaté e São Carlos, no Estado de São Paulo, e em São José dos Pinhais, no Paraná.

A conclusão bem-sucedida da negociação é considerada fundamental para futuros investimentos, veículos e sistemas de propulsão que a marca pretende desenvolver e produzir no Brasil, informou a empresa, acrescentando que os detalhes sobre esses investimentos serão comunicados oportunamente.

De acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos, o acordo também abre a possibilidade de novos investimentos para a fabricação de dois modelos híbridos na unidade de São Bernardo do Campo a partir de 2027.

"Este é um acordo que dá longevidade para a fábrica da Anchieta (em São Bernardo do Campo), reposiciona nossa região rumo à reindustrialização e gera oportunidades de crescimento do setor de autopeças do ABC. Acordo esse extremamente importante para os trabalhadores na Volks, para o ABC e todo o país", disse Wellington Damasceno, diretor administrativo do sindicato e representante dos trabalhadores na Volkswagen.

Damasceno destacou que a extensão do acordo até 2028 não apenas garante os investimentos, cláusulas econômicas e sociais, e a efetivação dos novos contratados, mas também assegura o futuro da fábrica e a estabilidade no emprego aos trabalhadores.

Atualmente, a unidade de São Bernardo do Campo emprega cerca de 8,2 mil trabalhadores, com cerca de 5 mil atuando no chão de fábrica, segundo informações do sindicato.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes