Berkshire "dispensa" GM, Johnson & Johnson e Procter & Gamble enquanto acumula dinheiro

Por Jonathan Stempel

(Reuters) - A Berkshire Hathaway afirmou que se desfez de suas participações nas empresas General Motors, Johnson & Johnson e Procter & Gamble, e reduziu sua participação na Amazon.com, à medida que o conglomerado controlado por Warren Buffett aumentou a sua pilha de dinheiro para um recorde de 157,2 mil milhões de dólares.

No documento divulgado na terça-feira (14) que descreveu suas participações em ações listadas nos Estados Unidos em 30 de setembro, a Berkshire não informou nenhuma participação na GM, J&J e P&G, depois de reportar respectivas participações de 848 milhões de dólares, 54 milhões de dólares e 48 milhões de dólares em junho.

A Berkshire também vendeu sua participação de 621 milhões de dólares na empresa de materiais especiais Celanese e suas pequenas participações na empresa de alimentos Mondelez International e na United Parcel Service. Sua participação na Amazon caiu 5%.

A Berkshire vendeu bilhões de dólares em ações, incluindo alguns de seus grandes investimentos na Chevron, e comprou apenas 1,7 bilhão de dólares no terceiro trimestre, um período de baixa para suas participações acionárias lideradas pela Apple, cujo preço das ações caiu 12%.

Durante todo o ano de 2023, a Berkshire vendeu 23,6 bilhões de dólares a mais em ações do que comprou.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes