Estoques empresariais dos EUA aumentam em setembro

WASHINGTON (Reuters) - As empresas norte-americanas mantiveram um ritmo bastante sólido de investimento em estoques em setembro, em meio ao aumento das vendas, mostraram dados do governo na quarta-feira.

Os estoques das empresas aumentaram 0,4%, depois de terem aumentado pela mesma margem em agosto, informou o Departamento de Comércio. O aumento nos estoques, um componente-chave do Produto Interno Bruto, ficou em linha com as expectativas dos economistas.

Os estoques aumentaram 1,3% em uma base anual em setembro.

O investimento privado em estoques acrescentou 1,32 ponto percentual ao ritmo de crescimento anualizado de 4,9% da economia no terceiro trimestre. As empresas aumentaram a acumulação de estoques para atender à forte demanda.

Os estoques do varejo aumentaram 0,9% em setembro, conforme estimado em um relatório preliminar publicado no mês passado. Eles aumentaram 1,0% em agosto. Os estoques de veículos automotores avançaram 2,1%, em vez dos 2,2% estimados inicialmente, e aumentaram 2,4% em agosto.

Os estoques do varejo, excluindo automóveis, que entram no cálculo do PIB, aumentaram 0,4%, em vez de 0,3% informado anteriormente. Eles aumentaram 0,5% em agosto.

Os estoques no atacado aumentaram 0,2%, enquanto os estoques dos fabricantes aumentaram 0,2%.

As vendas empresariais subiram 1,1% em setembro, depois de terem aumentado 1,4% em agosto. No ritmo de vendas de setembro, levaria 1,36 mês para as empresas esvaziarem as prateleiras, abaixo do 1,37 mês em agosto.

(Por Lucia Mutikani)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes