Americanas não vai vender ativos em "liquidação", diz presidente

SÃO PAULO (Reuters) - O presidente-executivo da Americanas, Leonardo Coelho, afirmou nesta quinta-feira que a empresa não vai vender as redes Uni.co e Natural da Terra a qualquer preço no esforço para reestruturar suas operações, após o que chamou de fraude contábil que somou um valor de cerca de 25 bilhões de reais.

"Uni.co e HNT (Hortifruti Natural da Terra) não serão venda de liquidação. Se acharmos preço certo, vamos estudar, caso contrário, elas usufruem de todo pacote de transformação da Americanas", disse Coelho, em conferência para analistas.

Por outro lado, a companhia, por ora, não trabalha com uma venda da fintech Ame, disse o executivo, uma vez que a unidade é parte importante da conexão entre as lojas físicas e vendas online do grupo no plano de recuperação.

Coelho disse ainda que a Americanas vai estudar com seus assessores jurídicos como e quando poderá buscar ressarcimento da fraude que forçou a empresa a fazer pedido de recuperação judicial no início deste ano.

(Por Alberto Alerigi Jr.)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora