Governo trabalha para manter parte central da reforma tributária e promulgá-la neste ano, diz Padilha

Por Maria Carolina Marcello

BRASÍLIA (Reuters) - O governo concentra seus esforços para negociar a promulgação, ainda neste ano, da espinha dorsal da reforma tributária, afirmou nesta quinta-feira o ministros das Relações Institucionais, Alexandre Padilha.

Segundo ele, a simplificação tributária, a mudança da cobrança do imposto da origem para o destino, e a criação dos fundos de desenvolvimento regional, além da desoneração de itens da cesta básica, estão entre os pontos que o governo tem interesse em manter no texto da reforma já aprovado pelo Senado e devolvido à Câmara dos Deputados.

"O esforço será garantir o texto para promulgação e garantir aquilo que é o central da reforma tributária", disse o ministro a jornalistas.

"Agora é trabalhar o texto para ver o que é necessário de supressões para a gente promulgar o mais rápido possível", acrescentou Padilha, que teve reunião com o relator da reforma tributária na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB).

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes