Alibaba pesa e mercado ações de Hong Kong recua

XANGAI (Reuters) - As ações de Hong Kong fecharam em queda nesta sexta-feira, pressionadas pelas perdas do Alibaba Group depois que ele desfez os planos de desmembrar seu negócio de nuvem, enquanto as ações da China tiveram dificuldades em encontrar direção.

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, fechou com queda de 0,12%, enquanto o índice de Xangai avançou 0,11%. O índice Hang Seng, de Hong Kong, teve queda de 2,12%.

Na semana, o Hang Seng subiu 1,5%, enquanto o CSI300 perdeu 0,5%.

Outras ações asiáticas deram uma pausa, uma vez que uma série de dados econômicos mais fracos dos Estados Unidos tirou um pouco da força de Wall Street, mas também impulsionou os títulos, enquanto os preços do petróleo caíram, favorecendo as perspectivas de inflação.

As ações em Hong Kong do gigante do comércio eletrônico Alibaba Group caíram 10% depois que a empresa descartou os planos de desmembrar seu negócio de nuvem, citando incertezas alimentadas pelas restrições dos EUA às exportações de chips para a China.

O índice de tecnologia do Hang Seng perdeu 1,7%, com a gigante da mídia social Tencent e a empresa de entrega de alimentos Meituan caindo 3% e 3,9%, respectivamente.

. Em TÓQUIO, o índice Nikkei avançou 0,48%, a 33.585 pontos.

. Em HONG KONG, o índice HANG SENG caiu 2,12%, a 17.454 pontos.

. Em XANGAI, o índice SSEC ganhou 0,11%, a 3.054 pontos.

Continua após a publicidade

. O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em XANGAI e SHENZHEN, retrocedeu 0,12%, a 3.568 pontos.

. Em SEUL, o índice KOSPI teve desvalorização de 0,74%, a 2.469 pontos.

. Em TAIWAN, o índice TAIEX registrou alta de 0,22%, a 17.208 pontos.

. Em CINGAPURA, o índice STRAITS TIMES desvalorizou-se 0,27%, a 3.124 pontos.

. Em SYDNEY o índice S&P/ASX 200 recuou 0,13%, a 7.049 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes