Conteúdo publicado há 7 meses

Haddad diz ser hora de 'desejar sorte' e aguardar os acontecimentos após vitória de Milei na Argentina

O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta segunda-feira que o momento é de "desejar sorte" após vitória de Javier Milei nas eleições presidenciais da Argentina, sem mencionar o nome do político ultraliberal, ressaltando ser importante aguardar os acontecimentos para fazer uma avaliação.

"Agora é desejar sorte, celebrar o fato de que o presidente Lula demonstrou apreço pela democracia, que nosso continente tem que fortalecer a democracia. Aguardar os acontecimentos, agora não há muito o que comentar", disse, em breve entrevista a jornalistas.

Milei se consagrou presidente da Argentina no domingo ao vencer no segundo turno o candidato peronista Sergio Massa.

Em entrevista à Reuters em outubro, Haddad havia afirmado que uma possível vitória de Milei preocupava o governo brasileiro, uma vez que o país é, além de vizinho, um dos principais parceiros comerciais do Brasil.

Deixe seu comentário

Só para assinantes