Mercados estão muito otimistas em apostas de cortes de juros pelo BCE, diz Wunsch a jornal

FRANKFURT (Reuters) - Os mercados financeiros estão muito otimistas em suas apostas de cortes de juros pelo Banco Central Europeu (BCE) e essa precificação, na verdade, aumenta o risco de que outro aumento seja necessário, disse o membro belga do BCE, Pierre Wunsch, a um jornal alemão.

O BCE encerrou sua série mais agressiva de aumentos de juros no mês passado e os investidores imediatamente começaram a se posicionar para uma reversão, precificando quase quatro cortes antes do final de 2024.

"Acho que isso é muito otimista e até aumenta a probabilidade de termos de aumentar ainda mais as taxas de juros", disse Wunsch ao jornal Boersen-Zeitung nesta quinta-feira. "Se você observar a curva de rendimentos, essa especulação reduz o grau restritivo de nossa política monetária."

Wunsch disse que seu ponto de partida é de que não são necessários mais aumentos nas taxas, mas ele queria manter a opção sobre a mesa e poderia esperar até "até a primavera ou meados de 2024" para se comprometer com uma decisão.

A economia da zona do euro pode estar tendo um desempenho ruim agora e não há sinais convincentes de uma recuperação rápida, mas Wunsch disse que isso não deve ser dramatizado porque o alto nível de emprego manteve o custo social da desaceleração bastante baixo.

Wunsch disse que não deveria haver discussão sobre a mudança da meta de inflação de 2% do BCE, mas poderia haver um debate sobre a margem de tolerância em torno desse valor, já que atingir 2,0% todos os anos não é realista.

"Se mantivermos as taxas de juros muito altas por muito tempo e a inflação acabar caindo para 1,7% em vez de 2,0%, isso não seria um grande problema, desde que a economia esteja indo bem", disse ele.

(Por Balazs Koranyi)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes