Ranking global de bancos remove Unicredit e eleva UBS e instituições da China

ZURIQUE (Reuters) - O Conselho de Estabilidade Financeira (FSB), vinculado ao G20, retirou o italiano UniCredit da lista de bancos globais de importância sistêmica e elevou três bancos, incluindo o suíço UBS, a um nível superior.

O FSB deu início às classificações anuais após a crise financeira global, exigindo que os maiores bancos do mundo mantivessem uma reserva extra de capital, calibrada em cinco grupos, e se submetessem a um exame mais rigoroso de suas operações.

O UniCredit, que foi o único banco na Itália entre aqueles considerados de importância sistêmica global pelo FSB, não fez comentários.

Juntamente com o UniCredit, o Credit Suisse foi retirado da lista e o Bank of Communications da China foi incluído pela primeira vez, reduzindo o número total de bancos de 30 em 2022 para 29.

O UBS subiu um degrau depois de assumir o controle do Credit Suisse no início deste ano, na primeira fusão da história de dois bancos de importância sistêmica.

O Agricultural Bank of China e o China Construction Bank também subiram do grupo 1 para o grupo 2.

(Por Noele Illien e Giulio Piovaccari)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes