JPMorgan vê cenário "desafiador" para ações dos EUA em 2024

NOVA YORK (Reuters) - Os estrategistas de ações do JP Morgan divulgaram nesta quarta-feira uma perspectiva sombria para as ações nos Estados Unidos no próximo ano, destacando o fraco crescimento esperado dos lucros, as avaliações exorbitantes e os altos riscos geopolíticos.

O banco projetou um preço-alvo para o S&P 500 em 2024 de 4.200, cerca de 8% abaixo dos níveis atuais.

Na ausência de uma rápida flexibilização da política monetária pelo Federal Reserve, "esperamos um cenário macro mais desafiador para as ações no próximo ano", afirmou Dubravko Lakos-Bujas e sua equipe do JP Morgan, em um relatório de perspectivas nesta quarta-feira.

A empresa espera um crescimento dos lucros do S&P 500 de 2% a 3% em 2024 -- taxa muito abaixo da estimativa de consenso dos analistas, de crescimento de 11,4% no próximo ano, de acordo com dados da LSEG.

As valuations (avaliações de empresas) atuais estão elevadas, na visão do JP Morgan, "especialmente à luz do ciclo econômico envelhecido, da política monetária restritiva e dos riscos geopolíticos".

Esses riscos incluem duas guerras importantes e a realização de eleições nacionais em 40 países, incluindo os EUA, o que os estrategistas esperam que leve a uma volatilidade geralmente maior nas ações em 2024 do que em 2023.

Além disso, os estrategistas disseram que uma recessão é "um risco real para o próximo ano, mesmo que os investidores ainda não estejam precificando consistentemente essa incerteza".

(Reportagem de Lewis Krauskopf)

((Tradução Redação São Paulo))

Continua após a publicidade

REUTERS PVB FDC

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes