Acionistas do Itaú aprovam reorganização societária envolvendo Banco Itaú BBA

SÃO PAULO (Reuters) - Acionistas do Itaú Unibanco aprovaram nesta quinta-feira uma reorganização societária que engloba a cisão total do Banco Itaú BBA e a incorporação das parcelas cindidas pela holding e pela Itaú BBA Assessoria Financeira, conforme ata da assembleia.

Os termos da operação foram aprovados por 100% dos votos, com a cisão total programada para ser concluída em 30 de abril de 2024, mas podendo ser antecipada para o último dia do mês anterior à data mediante deliberação da diretoria da companhia.

A incorporação das parcelas cindidas foi avaliada em 709,2 milhões de reais, de acordo com o documento, enquanto a parcela do patrimônio do Itaú BBA a ser transferida à Itaú BBA Assessoria Financeira é de 2,3 bilhões de reais.

No final do mês passado, o Itaú disse que a reorganização poderia trazer benefícios de racionalização de recursos e otimização de estruturas e negócios, "considerando a extinção de uma sociedade de seu conglomerado e de suas licenças para operar".

(Por André Romani)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes