Dow Jones atinge pico de 2023 com salto da Salesforce e desaceleração da inflação

Por Shristi Achar A e Amruta Khandekar

(Reuters) - O índice Dow Jones atingiu seu nível mais alto em 2023 nesta quinta-feira, com salto da Salesforce devido a uma previsão de lucro positiva e um novo relatório oferecendo mais evidências de que a inflação está diminuindo.

A Salesforce saltava 8,5% depois que a empresa de software baseado em nuvem elevou sua previsão de lucro anual e superou as estimativas do terceiro trimestre, beneficiando-se da forte demanda por seus produtos de nuvem e negócios.

O Dow subiu para 35.725,11 pontos, ultrapassando seu pico intradiário de 35.679,13 pontos atingido em agosto, e todos os três principais índices estavam a caminho de seu novembro mais forte desde 2020.

O S&P 500 e o Nasdaq também caminhavam para seu maior ganho percentual mensal desde julho de 2022, devido a sinais de arrefecimento das pressões sobre os preços.

O índice PCE - indicador de inflação preferido do Fed - mostrou que a inflação permaneceu inalterada em outubro na comparação mensal, contra projeções dos economistas de um aumento de 0,1%.

O núcleo da inflação, que exclui os preços voláteis de alimentos e energia, aumentou 0,2% no mês, em linha com as estimativas.

Isso levou os operadores a manterem suas apostas de que o Federal Reserve deixará a taxa de juros estável por mais três reuniões antes de começar a reduzi-la em maio.

"O que vimos nos dados de PCE hoje é apenas mais uma evidência de que a inflação continua a se mover para baixo, e essa tem sido uma tendência que vimos durante a maior parte deste ano", disse Anthony Saglimbene, estrategista-chefe de mercado da Ameriprise Financial.

Continua após a publicidade

Entre os 11 principais setores do S&P 500, o de energia subia 1,8%, acompanhando a alta dos preços do petróleo antes do resultado de uma reunião da Opep+.

Às 12:31 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 0,81%, a 35.717,01 pontos, enquanto o S&P 500 ganhava 0,11%, a 4.555,78 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 0,17%, a 14.234,39 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes