Samarco anuncia conclusão da reestruturação de dívida com emissão de US$3,98 bi

Por Marta Nogueira

SÃO PAULO (Reuters) - A Samarco Mineração anunciou nesta sexta-feira a conclusão da reestruturação de parte de sua dívida financeira no âmbito do processo de recuperação judicial da companhia, por meio da emissão de 3,98 bilhões de dólares em novos títulos com vencimento em 2031.

Na data de emissão, a Samarco completou obrigações "significativas" no âmbito do Plano Consensual e do Acordo de Suporte, incluindo o alongamento e redução da dívida da companhia com os credores financeiros internacionais, do montante aproximado de 4,8 bilhões de dólares para cerca de 3,7 bilhões de dólares, por meio do cancelamento e substituição de títulos com vencimentos mais próximos.

A reestruturação da companhia também inclui a injeção de novos recursos na Samarco por suas acionistas, a Vale e a BHP, "que apoiaram o Plano Consensual, destinados a suportar a companhia no cumprimento de obrigações", disse a Samarco em nota.

"A Samarco confia que essas transações fortalecerão sua estrutura de capital e darão suporte para a viabilidade de seu plano de negócios", disse.

A Samarco acrescentou que segue concentrada na retomada gradual e segura das operações, com a expectativa de atingir 60% da capacidade produtiva até 2025 e 100% até 2028, conforme previsto em seu plano de negócios.

(Texto de Roberto Samora; edição de Patrícia Vilas Boas)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes