Taesa descarta leilão de transmissão de dezembro, já avalia lotes do próximo certame

SÃO PAULO (Reuters) - A Taesa não irá participar do leilão de transmissão que será realizado neste mês, mas segue buscando oportunidades de crescimento e está estudando os lotes que serão oferecidos no próximo certame, marcado para março de 2024, disse o CEO da transmissora.

Em reunião com investidores nesta sexta-feira, André Moreira afirmou que a companhia preferiu não entrar na disputa de dezembro por se tratarem de grandes ativos com a tecnologia de corrente contínua de alta tensão (HVDC, na sigla em inglês), que não são a principal expertise da companhia.

Moreira afirmou ainda que a Taesa já está trabalhando para recompor receita diante das concessões de seu portfólio que têm vencimento a partir de 2030. Segundo ele, lotes vencidos nos últimos leilões e reforços em linhas existentes somam pelo menos 500 milhões de reais em receita nova já contratada para a companhia.

O executivo disse ainda que a companhia não tem planos de alterar sua estrutura de capital no curto prazo, mas vem estudando oportunidades, como um "follow on". "Na primeira oportunidade, podemos fazer", acrescentou.

(Por Letícia Fucuchima)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes