Tereos entra em comercialização de energia elétrica para pequenas e médias empresas

SÃO PAULO (Reuters) - A Tereos, uma das maiores produtoras de açúcar e etanol no Brasil, vai ingressar no segmento de comercialização de energia elétrica a consumidores de pequeno porte, usando geração a partir da biomassa em suas unidades industrias.

A companhia anunciou nesta sexta-feira que conseguiu habilitação da Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) para atuar na modalidade "varejista" no mercado livre de energia brasileiro.

A autorização permite que, a partir de 2024, a Tereos forneça energia diretamente para pequenos e médios negócios que estão conectados à rede elétrica alta tensão, como lojas, hotéis ou pequenas indústrias.

A Tereos utiliza a cana-de-açúcar, sua principal matéria-prima, para gerar energia e biogás para suas unidades industriais. A empresa também tem potencial para produzir cerca de 1.500 gigawatts-hora (GWh) por ano de energia excedente para o sistema elétrico brasileiro.

Com a entrada na comercialização de energia varejista, a Tereos projeta destinar no curto/médio prazo pelo menos 10% do seu volume de produção anual para atender à nova demanda.

“De acordo com dados da CCEE, temos aproximadamente 170 mil consumidores conectados à alta tensão que podem usufruir da contratação da nossa energia nesta modalidade. Ao mesmo tempo, essas empresas ainda se beneficiarão de uma maior previsibilidade de custos, além de contribuir para a descarbonização do seu negócio”, afirmou Gustavo Segantini, diretor comercial da Tereos, em nota.

(Por Letícia Fucuchima)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes