Câmara aprova isenção de ICMS para transferência de produtos entre estabelecimentos de mesma empresa

BRASÍLIA (Reuters) - A Câmara aprovou nesta terça-feira projeto de lei complementar que isenta de pagamento do ICMS a transferência de produtos entre estabelecimentos de uma mesma empresa, informou a Agência Câmara de Notícias.

O texto, que segue à sanção presidencial, atende determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) para que as regras sobre o aproveitamento de créditos fossem disciplinadas até o fim do ano.

O projeto estabelece metodologia de compensação de perdas de arrecadação do ICMS pelos Estados.

Ainda de acordo com a Agência Câmara de Notícias, o texto, que muda a chamada Lei Kandir, terá vigência a partir de 2024. Também prevê que a empresa poderá aproveitar o crédito de operações anteriores, inclusive quando ocorrer transferência interestadual para igual CNPJ.

(Redação Brasília)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes