Carrefour prevê margem Ebitda de lojas convertidas para Atacadão entre 5% e 6% no fim de 2024

SÃO PAULO (Reuters) -O Carrefour informou nesta terça-feira que espera margem Ebitda das lojas convertidas do antigo Grupo BIG para a bandeira Atacadão entre 5% e 6% até o fim de 2024, conforme fato relevante.

Para o fim de 2025, a margem Ebitda esperada desse segmento é entre 7% e 8%, acrescentou a rede de supermercados.

O Carrefour também disse esperar vendas por metro quadrado das lojas convertidas entre cerca de 28 mil reais/m² e 31 mil reais/m², em bases anualizadas, até o encerramento de 2024. Ao final do ano seguinte, a projeção é de vendas por m² de aproximadamente 35 mil reais.

O impacto potencial no Ebitda decorrente da otimização do portfólio de lojas deve ser de 180 milhões a 220 milhões de reais em 2024 e de 550 milhões a 800 milhões de reais em 2026, segundo projeções da varejista.

A margem Ebitda em nível loja e em unidade de negócio para as lojas maduras do clube de compras Sam's Club até o final de 2025 é prevista entre 9% e 10% e entre 7% e 8%, respectivamente.

A empresa reforçou que essas projeções são baseadas nas expectativas atuais da administração e que mudanças na percepção ou nas condições de mercado podem trazer resultados diferentes.

(Reportagem de Patricia Vilas BoasEdição de Fabrício de Castro e Alexandre Caverni)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes