IBGE revisa para cima expansão no 2º tri, mas reduz crescimento no 1º tri

SÃO PAULO (Reuters) - A economia brasileira cresceu um pouco mais no segundo trimestre de 2023 do que o calculado anteriormente, com uma expansão de 1,0% no período, mostraram dados divulgados nesta terça-feira.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) revisou o dado de abril a junho depois de ter informado expansão de 0,9% do Produto Interno Bruto na comparação com os três meses anteriores.

Por outro lado, o IBGE revisou para baixo o número do primeiro trimestre, a um crescimento de 1,4%, de 1,8% informado antes.