Nubank passa a ofertar "dólar digital" e reduz custos com negociação de cripto em real

SÃO PAULO (Reuters) - O Nubank anunciou nesta terça-feira que fechou parcerias com as empresas Talos e Circle para aprimorar sua plataforma de compra e venda de criptomoedas no Brasil, passando a ofertar "dólar digital" e reduzindo custos com negociação de cripto em real brasileiro.

A partir da parceria com a Circle, o Nubank Cripto, plataforma de compra e venda de criptomoedas do Nubank, começou a ofertar a stablecoin USDC, uma "versão digital do dólar amplamente requisitada pelos usuários e uma das stablecoins mais transacionadas no mundo em protocolo próprio na blockchain", disse a fintech em nota.

Uma stablecoin é um tipo de moeda digital atrelada à reserva de ativos estáveis, como o euro e o dólar. A USD Coin, ou USDC, se equipara ao preço do dólar norte-americano. A Circle é uma fintech global responsável pela emissão desse dólar digital.

Outra parceria foi com a provedora de tecnologia para negociação de ativos digitais Talos que, segundo a fintech, oferecerá melhores preços de compra e venda para clientes que desejem negociar ativos de criptomoedas em reais por meio do aplicativo da empresa.

"Por meio dos serviços da Talos, o Nubank terá a capacidade de buscar liquidez de provedores locais em pares nativos do Real brasileiro, bem como de parceiros globais para pares em dólares americanos", disse em nota o banco digital, que tem operações no Brasil, México e Colômbia.

"A integração abrange também a possibilidade futura de execução de swaps -- token para token --, aprimorando a capacidade de fornecer o melhor preços aos clientes do Nubank Cripto."

Anton Katz, CEO e cofundador da Talos, acrescentou em nota que "à medida que o Nubank cresce na América Latina, os serviços da Talos podem se expandir para apoiar seus clientes em outros países e moedas no futuro".

Em 2023, 11 novas opções de ativos digitais foram incluídas para negociação no aplicativo do Nubank, incluindo a mais recente stablecoin USDC.

O Nubank oferece atualmente 15 opções de criptomoedas em seu aplicativo, além da moeda digital própria Nucoin, parte do programa de fidelidade da empresa.

Continua após a publicidade

Na segunda-feira, o Itaú Unibanco começou a oferecer a negociação das criptomoedas bitcoin e ether por meio de sua plataforma de investimentos íon, adicionando mais uma concorrente de peso ao mercado de compra e venda de criptoativos no Brasil.

(Reportagem de Patricia Vilas Boas)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes