Dívida pública bruta do Brasil sobe a 74,7% do PIB em outubro, mostra BC

SÃO PAULO (Reuters) -A dívida bruta do Brasil registrou alta em outubro, quando o setor público consolidado brasileiro apresentou superávit primário, de acordo com dados divulgados nesta quarta-feira pelo Banco Central.

A dívida pública bruta do país como proporção do PIB fechou outubro em 74,7%, contra 74,4% no mês anterior. Já a dívida líquida foi a 60,0%, mantendo o mesmo nível do mês anterior.

As expectativas em pesquisa da Reuters eram de 74,5% para a dívida bruta e de 59,9% para a líquida.

Em outubro, o setor público consolidado registrou um superávit primário de 14,798 bilhões de reais, abaixo da expectativa de economistas consultados em pesquisa da Reuters de um saldo positivo de 17,6 bilhões de reais.

Nos 12 meses encerrados em outubro, o setor público consolidado registrou déficit de 114,2 bilhões de reais, equivalente a 1,08% do PIB.

O desempenho mostra que o governo central teve saldo positivo de 19,456 bilhões de reais, enquanto Estados e municípios registraram déficit primário de 3,852 bilhões de reais e as estatais tiveram saldo negativo de 805 milhões de reais, mostraram os dados do Banco Central.

(Por Camila MoreiraEdição de Eduardo Simões e Luana Maria Benedito)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes