BRF conclui estruturação de novo FIDC de R$960 mi

Por Andre Romani

SÃO PAULO (Reuters) - A BRF disse nesta quinta-feira que concluiu a estruturação de um novo fundo de investimentos em direitos creditórios (FIDC), que captou 960 milhões de reais com a colocação de cotas, conforme comunicado ao mercado.

A BRF havia afirmado no início de novembro que o novo fundo, focado em adquirir direitos creditórios originados de operações comerciais realizadas entre a companhia e seus clientes, seria de, no mínimo, 800 milhões de reais.

O fundo substituirá um FIDC semelhante constituído pela BRF em 2018, cujo patrimônio inicial era de 875 milhões de reais, disse a companhia em novembro.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes