Campos Neto diz haver "muito trabalho pela frente" na busca pela redução da inflação

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, disse haver “muito trabalho pela frente”, apesar de avanços alcançados, ao mencionar a busca pelo controle da inflação no país.

Em vídeo gravado no dia 28 de novembro e apresentado nesta sexta-feira durante evento do Conselho Empresarial Lide Rio de Janeiro, Campos Neto afirmou que é importante consolidar o processo de redução da inflação.

Segundo ele, o BC atuou de forma tempestiva, o que está possibilitando uma redução da inflação no Brasil com custo relativamente baixo, na comparação com outros países.

"Estamos cientes que ainda temos muito trabalho pela frente", disse Campos Neto.

"É importante consolidar processo de redução da inflação e avançar na nossa agenda de modernização do sistema financeiro cujas ações incluem Pix, open finance, modernização cambial e o Drex, nossa moeda digital."

O Comitê de Política Monetária (Copom) do BC se reunirá na próxima semana, quando a expectativa é que anuncie na quarta-feira o quarto corte consecutivo de 0,5 ponto percentual da taxa básica de juros, que iria a 11,75% ao ano.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes