S&P 500 e Nasdaq registram os maiores fechamentos desde o início de 2022

Por Noel Randewich e Amruta Khandekar

(Reuters) - Os índices acionários dos Estados Unidos fecharam em alta nesta sexta-feira, com S&P 500 e Nasdaq atingindo seus níveis de fechamento mais altos desde o início de 2022, depois que um relatório robusto sobre empregos nos EUA alimentou o otimismo dos investidores em relação a um pouso suave da economia norte-americana.

Investidores reduziram as apostas de que o Federal Reserve cortará os juros em março, após um relatório do Departamento do Trabalho dos EUA mostrar que as vagas de trabalho fora do setor agrícola aumentaram em 199.000 em novembro, em comparação com um aumento estimado de 180.000 postos de trabalho.

A taxa de desemprego caiu para 3,7%, enquanto os salários médios subiram para 0,4% em uma base mensal, ante previsões de crescimento de 0,3%.

Os preços futuros agora implicam que os operadores esperam principalmente que o Fed comece a reduzir a taxa básica em maio, dois meses depois da reunião de março, na qual muitos investidores vinham apostando nos últimos dias.

"A queda na taxa de desemprego, em particular, atenuará qualquer preocupação com uma recessão e, com a alta de vagas e salários, manterá a narrativa do 'pouso suave' em ascendência", disse Stuart Cole, economista-chefe de macro da Equiti Capital em Londres.

"O relatório provavelmente fará com que alguns dos que preveem um corte antecipado do Fed no próximo ano reavaliem suas posições", afirmou Cole.

O Dow Jones subiu 0,36%, para 36.247,87 pontos. O S&P 500 subiu 0,41%, para 4.604,37 pontos. O Nasdaq ganhou 0,45%, para 14.403,97 pontos.

O fechamento do S&P 500 foi o mais alto desde março de 2022, enquanto o fechamento do Nasdaq foi o mais elevado desde abril de 2022.

Continua após a publicidade

Na semana, o S&P 500 subiu 0,2%, enquanto o Nasdaq avançou 0,7% e o Dow Jones ficou inalterado. 

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes