Títulos internacionais da Argentina caem quase 1 centavo após Milei alertar sobre choque

LONDRES (Reuters) - Os títulos soberanos internacionais em dólar da Argentina caíram quase 1 centavo nesta segunda-feira, depois que o novo presidente Javier Milei advertiu em sua posse que um choque econômico é inevitável.

Os vencimentos mais longos sofreram o maior impacto, com os títulos para 2041 e 2046 sendo negociados a cerca de 32,6 centavos de dólar na compra, segundo dados da MarketAxess.

Enquanto isso, as ações da empresa estatal de petróleo YPF listadas nos EUA subiram 2,9% nas negociações de pré-abertura.

O economista libertário disse em seu primeiro discurso no domingo que não tinha alternativa a não ser um choque fiscal forte e doloroso para resolver a pior crise econômica do país em décadas, com a inflação chegando a 200%.

(Reportagem de Karin Strohecker e Bansari Mayur Kamdar)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes