BC da Argentina suspenderá operações cambiais prioritárias a partir de quarta-feira, mostra documento

Por Jorge Otaola

BUENOS AIRES (Reuters) - O banco central da Argentina suspenderá a partir de quarta-feira as verificações e os controles adicionais sobre as negociações no mercado de câmbio que havia imposto no início desta semana como uma medida de "transição", segundo documento visto pela Reuters.

O banco reduziu na segunda-feira a atividade do mercado de câmbio dizendo que se concentraria em negociações prioritárias após a posse do novo presidente Javier Milei, cujo governo deverá anunciar uma série de medidas econômicas de "choque" ainda nesta terça-feira.

A nova liderança do banco e o novo chefe do BC, Santiago Bausili, também foram oficialmente empossados, de acordo com resoluções publicadas no diário oficial.

(Reportagem de Jorge Otaola)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes