Vendas de veículos novos nos EUA crescerão 1% em 2024, diz site especializado

(Reuters) - As vendas de novos veículos nos Estados Unidos devem subir apenas 1%, a 15,7 milhões de unidades no próximo ano, disse o site de compras de automóveis Edmunds nesta quarta-feira, já que a demanda provavelmente será pressionada pelas altas taxas de juros, mesmo com a melhora na oferta de veículos.

A participação de mercado de veículos elétricos deve aumentar ligeiramente para 8% do total de vendas de novos veículos em 2024, em comparação com 6,9% em 2023 até novembro, acrescentou o site.

"Embora o próximo ano mantenha a promessa de aumento adicional no estoque e ofertas tentadoras que os consumidores aguardam ansiosos, as altas taxas de juros de 2023 devem persistir, provocando dinâmicas de mercado conflitantes", disse Jessica Caldwell, chefe de insights da plataforma.

No entanto, segundo as montadoras, a demanda reprimida da pandemia continua forte.

Empresas lideradas pela General Motors e pela Toyota Motor reportaram vendas robustas de veículos novos até agora este ano devido à melhora na demanda e menores problemas na cadeia de suprimentos que lhes permitiu enviar mais unidades para revendedores.

O site Edmunds afirmou que seus dados sugerem que os preços de veículos novos atingiram o pico, à medida que o aumento do estoque trouxe de volta os incentivos para o mercado.

Mas os compradores em busca de opções de modelos acessíveis terão mais dificuldade, pois esses veículos estão vendendo mais rapidamente do que seus equivalentes mais caros, acrescentou a plataforma.

A transição para veículos elétricos completos diminuiu, e os híbridos são a escolha mais confortável para a maioria dos norte-americanos que buscam opções eletrificadas, afirmou o site.

(Reportagem de Abhinav Parmar em Bengaluru)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes