Dow Jones tem segundo pico recorde consecutivo com apostas de juros mais baixos

Por Caroline Valetkevitch e Noel Randewich

NOVA YORK (Reuters) - As ações dos Estados Unidos terminaram em alta nesta quinta-feira, com o índice Dow Jones registrando seu segundo recorde consecutivo de alta, impulsionado pelo otimismo de que a taxa básica de juros diminuirá no próximo ano, após o Federal Reserve dar sinalizações nesse sentido.

Os papéis da Tesla subiram 4,9%, com um valor de cerca de 40 bilhões de dólares mudando de mãos. Seu volume de negócios foi mais do que o dobro da Nvidia, a segunda empresa mais negociada. A fabricante de chips ganhou 0,5%.

Os setores que tiveram desempenho inferior este ano subiram. Dos 11 índices setoriais do S&P 500, seis avançaram, liderados pelo setor de energia, com alta de 2,94%, seguido por um ganho de 2,62% no imobiliário.

O S&P 500 segue em queda inferior a 2% em relação ao seu recorde de fechamento atingido em janeiro de 2022.

O S&P 500 subiu 0,26%, para 4.719,55 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq ganhou 0,19%, para 14.761,56 pontos. O Dow Jones avançou 0,43%, para 37.248,35 pontos.

O Fed deixou a taxa de juros inalterada na quarta-feira, conforme esperado, com o chair Jerome Powell dizendo que o aperto histórico da política monetária provavelmente chegou ao fim, já que a inflação está em queda mais rápido do que o esperado e as discussões sobre cortes nos custos de empréstimos estão "à vista".

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes

As mais lidas agora