Alphaville vai aumentar capital social em até R$1,2 bi

SÃO PAULO (Reuters) - A Alphaville, empresa de condomínios de grande porte e alto padrão, anunciou nesta sexta-feira que seu conselho aprovou um aumento de capital social mediante emissão de ações ordinárias, no valor mínimo de 677 milhões de reais e máximo de 1,23 bilhão de reais, a um preço de 5 reais por ação.

O aumento de capital compreenderá a capitalização de cerca de 537 milhões de reais em endividamento financeiro e um aporte em dinheiro de pelo menos 140 milhões de reais, disse a empresa em fato relevante.

Isso resultará em "redução substancial" do endividamento bancário e no reforço de caixa para a condução de seus negócios, acrescentou.

A operação também resultará na entrada de novo investidor na companhia, o Fundo Ulbrex. A Alphaville já tem como investidores fundos geridos pelo Pátria Investimentos, incluindo o Fundo Falcon.

A empresa ressaltou em seu comunicado que o aumento de capital está em linha com seu compromisso de otimizar a estrutura de capital e reduzir a dívida bancária, a fim de aumentar sua capacidade de investimento, desenvolvimento e aprovação de novos lançamentos.

(Reportagem de Patricia Vilas Boas)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes