Ações europeias sobem com otimismo sobre cortes nas taxas de juros

Por Khushi Singh e Ankika Biswas e Sruthi Shankar

(Reuters) - As ações europeias subiram nesta terça-feira, com os rendimentos dos títulos públicos diminuindo após comentários de autoridades do Banco Central Europeu e dados que confirmaram o arrefecimento da inflação na zona do euro.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,36%, a 477,04 pontos, com o índice S&P 500 de Nova York também sendo negociado perto de suas máximas históricas já que os investidores esperam que os principais bancos centrais do mundo, incluindo o Federal Reserve e o BCE, comecem a cortar as taxas de juros no próximo ano.

O índice de viagens e lazer subiu 1,8%, liderando os ganhos setoriais na Europa, seguido por mineradoras e serviços financeiros.

Dados confirmaram que a inflação da zona do euro desacelerou acentuadamente para 2,4% em novembro na base anual, embora muitos economistas esperem que as pressões sobre os preços aumentem novamente nos próximos meses.

Impulsionado pelo otimismo com o corte dos juros, o STOXX 600 está a caminho de seu segundo ganho mensal em dezembro e de um avanço de 12,4% no ano.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,31%, a 7.638,03 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,56%, a 16.744,41 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,08%, a 7.574,67 pontos.

Continua após a publicidade

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,41%, a 30.363,53 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,52%, a 10.106,70 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 desvalorizou-se 0,30%, a 6.365,20 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes