Wall Street sobe com otimismo sobre cortes de juros

Por Sruthi Shankar e Johann M Cherian

(Reuters) - Os principais índices de ações de Wall Street subiam nesta terça-feira, ampliando os fortes ganhos das últimas semanas conforme investidores continuavam a apostar em uma mudança na política monetária do Federal Reserve no próximo ano.

O índice de referência S&P 500 é negociado a menos de 1% de seu recorde histórico de fechamento, conforme investidores precificam um cronograma agressivo de cortes na taxa básica de juros no próximo ano depois que o chair do Fed, Jerome Powell, disse na reunião do banco central dos Estados Unidos na semana passada que seu histórico aperto monetário provavelmente chegou ao fim.

Apesar das tentativas das autoridades de moderarem o otimismo desde a reunião, operadores precificavam cerca de 66% de chance de o Fed cortar os juros em 25 pontos-base em março, de acordo com a ferramenta FedWatch do grupo CME, e cortes de 143 pontos-base até dezembro de 2024. [FEDWATCH]

O índice Dow Jones garantiu um novo pico recorde histórico, assim como o índice de tecnologia Nasdaq 100.

O presidente do Fed de Richmond, Thomas Barkin, comemorou o recuo da inflação, mas evitou dizer como isso afeta sua perspectiva para a política de juros do banco central no próximo ano, em uma entrevista ao Yahoo Finance.

Às 13:37 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,45%, a 4.761,84 pontos, enquanto o Dow Jones subia 0,57%, a 37.519,69 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,46%, a 14.973,94 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes