Demanda do consumidor por crédito sobe em novembro pela 1ª vez em mais de um ano, diz Serasa Experian

SÃO PAULO (Reuters) - A procura dos brasileiros por crédito subiu em novembro em relação ao mesmo período do ano passado, na primeira alta desde maio de 2022, mostraram dados da Serasa Experian nesta quarta-feira.

A demanda dos consumidores por crédito subiu 1% em novembro, frente à queda de 16,7% na mesma etapa de 2022, de acordo com a empresa de análise e informação para negócios, braço da Serasa. Em maio de 2022, o avanço havia sido de 11,2%.

Para o economista da Serasa Experian Luiz Rabi, a elevação em novembro revela os primeiros indícios dos efeitos da redução gradual da taxa básica de juros e da queda na inflação, mas ainda são esperados alguns meses para "resultados mais expressivos".

Na comparação por renda, a procura foi negativa apenas entre consumidores com ganho mensal de até 500 reais. Nas demais faixas de renda, até acima de 10 mil reais, a demanda por crédito subiu entre 1,2% e 1,4%.

O indicador da pesquisa da Serasa Experian é compilado a partir de uma amostra de Cadastros de Pessoa Física (CPFs) consultados mensalmente na própria base de dados da empresa.

(Reportagem de Patricia Vilas Boas)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes