Knot diz que é improvável corte de juros pelo BCE no primeiro semestre do próximo ano

FRANKFURT (Reuters) - É "bastante improvável" que o Banco Central Europeu reduza as taxas de juros durante os primeiros seis meses do próximo ano, uma vez que primeiro precisa ver dados sobre acordos salariais, disse o membro do BCE, Klaas Knot, em uma entrevista publicada nesta quarta-feira.

"Com base nas informações disponíveis hoje, acho que é bastante improvável", disse o presidente do banco central holandês em resposta a uma pergunta do jornal financeiro alemão Boersen-Zeitung.

(Reportagem de Francesco Canepa)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes