Petróleo sobe com tensões no Mar Vermelho; alta de estoques nos EUA limita ganhos

Por Laura Sanicola

(Reuters) - Os preços do petróleo fecharam ligeiramente em alta após um pregão volátil nesta quarta-feira, com os investidores preocupados com a interrupção do comércio global e tensões no Oriente Médio após ataques de militantes houthis do Iêmen, alinhados com o Irã, a navios no Mar Vermelho.

Os ganhos foram limitados por uma alta surpresa de estoques de petróleo nos EUA, um aumento maior que o esperado nos estoques de combustível e uma produção doméstica recorde de petróleo.

Os futuros do petróleo Brent fecharam em alta de 0,47 dólar, ou 0,6%, a 79,70 dólares o barril, enquanto o petróleo West Texas Intermediate (WTI) dos EUA fechou em alta de 0,28 dólar, ou 0,4%, para 74,22 dólares o barril.

Ambos os valores de referência tornaram-se brevemente negativos na sequência do relatório da AIE e da possibilidade de um novo cessar-fogo depois de o líder do Hamas ter feito a sua primeira visita ao Egito em mais de um mês.

No início da sessão, os valores de referência subiram mais de 1 dólar, uma vez que as principais transportadoras marítimas optaram por evitar a rota do Mar Vermelho, com viagens mais longas aumentando os custos de transporte e seguros.

(Reportagem adicional de Natalie Grover, Florence Tan e Jeslyn Lerh)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes