Reforma tributária tem o STF como guardião, diz Haddad após promulgação da PEC

(Reuters) - O ministro da Fazenda, Fernando Haddad, disse nesta quarta-feira que a Proposta de Emenda à Constituição que implementa a reforma tributária agora tem um guardião, o Supremo Tribunal Federal.

Em pronunciamento em sessão no Congresso Nacional para a promulgação da PEC, o ministro destacou que a reforma foi feita sob a democracia e fez um apelo ao presidente do STF, Luís Roberto Barroso, para que seja "recebida com a generosidade que merece".

(Reportagem de Lisandra Paraguassu)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes