Prefeitura do RJ acerta pagamento de R$48,8 mi ao VLT, da CCR, por extensão de linha

SÃO PAULO (Reuters) - O VLT Carioca e o município do Rio de Janeiro assinaram na quarta-feira um termo aditivo para o pagamento pela prefeitura à companhia de 48,8 milhões de reais em função de extensão do sistema, disse a CCR, que controla a concessão.

O pagamento ocorrerá em parcelas mensais entre abril de 2024 e o fim da concessão, em dezembro de 2038, afirmou a CCR em fato relevante na noite de quarta-feira.

A medida é uma recomposição do equilíbrio econômico-financeiro do contrato de concessão.

A CCR, dona de mais de 90% das ações do VLT, disse que o valor de 48,8 milhões de reais tem como data-base junho de 2023.

O aditivo assinado também incorpora à concessão a operação e manutenção do Terminal Intermodal Gentileza (TIG), segundo a empresa.

(Por André Romani)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes