Tesla enfrenta investigação na Noruega por falhas em suspensão

Por Marie Mannes

ESTOCOLMO (Reuters) - A Tesla enfrenta uma investigação do órgão regulador de segurança do trânsito da Noruega sobre falhas na suspensão dos carros elétricos da empresa que podem resultar em um recall.

O engenheiro sênior da Administração Norueguesa de Estradas Públicas (NPRA), Tor-Ove Satren, disse que a agência começou a questionar a Tesla em setembro de 2022 e pediu à montadora para avaliar as reclamações dos consumidores sobre a quebra de componentes da suspensão traseira dos Model S e X.

Satren disse que a agência pode recomendar que a Tesla faça um recall de todos as veículos para substituir os componentes se determinar que eles representam um "risco sério".

No entanto, o órgão também pode encerrar a análise sem nenhuma ação se não houver nenhum problema de segurança ou decidir estender a investigação.

Uma decisão é esperada até o Natal. A agência tem autoridade para ordenar um recall se uma montadora se recusar.

A investigação na Noruega foi motivada por mais de 10 relatos de proprietários de veículos da marca à agência em 2022 sobre peças da suspensão que quebraram repentinamente.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes