Argentina vai emitir série de títulos denominados em dólares

(Reuters) - O banco central da Argentina informou nesta sexta-feira que emitirá três séries de títulos denominados em dólares, com vencimentos em 2025, 2026 e 2027, enquanto o país tenta reforçar as reservas estrangeiras e abrir caminho para sair da crise econômica.

“Estas obrigações serão oferecidas como veículos para canalizar a procura de moeda estrangeira por parte dos importadores de bens e serviços com dívidas comerciais”, afirmou a instituição em comunicado, sem especificar o valor da oferta de dívida.

As "Obrigações para Reconstrução de uma Argentina Livre" (BOPREAL) surgem no momento em que o novo governo do presidente libertário Javier Milei procura reparar a economia argentina, que enfrenta inflação altíssima e pobreza crescente.

A Argentina também enfrenta uma dívida enorme e mantém um programa de 44 bilhões de dólares com o Fundo Monetário Internacional (FMI). Na quinta-feira, o país pagou 900 milhões de dólares ao fundo.

O país também tenta reforçar suas reservas internacionais, para fazer frente aos pagamentos. Nos primeiros dias de governo, Milei desvalorizou o peso em mais de 50%.

A série de títulos BOPREAL de menor prazo, com vencimento em junho de 2025, não terá taxa de juros, informou o banco central, enquanto os títulos de maio de 2026 e outubro de 2027 virão com taxas de juros de 3% e 5%, respectivamente.

Os instrumentos também podem ser adquiridos em pesos por meio de um processo técnico de câmbio, disse o banco central.

(Reportagem de Sarah Morland)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes