Confiança do consumidor no Brasil melhora em dezembro após 2 quedas seguidas, mostra FGV

SÃO PAULO (Reuters) - Os consumidores brasileiros encerram 2023 com melhora da confiança depois de dois meses de quedas, mostraram dados da Fundação Getulio Vargas divulgados nesta sexta-feira.

O Índice de Confiança do Consumidor (ICC) da FGV teve alta de 0,7 ponto em dezembro, para 93,7 pontos, em movimento influenciado por uma reavaliação das perspectivas para os próximos meses, apesar da insatisfação em relação ao momento atual.

"A melhora das perspectivas ocorre principalmente nas famílias de menor poder aquisitivo, que voltam a enxergar a possibilidade de melhora no mercado de trabalho e continuidade de queda da inflação em 2024", explicou Geórgia Veloso, economista do FGV IBRE

"Apesar da recente deterioração, o ano encerra com saldo positivo, mas ainda abaixo do nível de 100 pontos, indicando ainda um grande caminho pela frente", completou.

Os dados da FGV mostraram que o Índice de Expectativas (IE) subiu 2,5 pontos, alcançando 103,3 pontos após três quedas consecutivas. No entanto, o Índice de Situação Atual (ISA) caiu pelo terceiro mês consecutivo, em 1,7 ponto, para 80,4 pontos.

(Por Camila Moreira)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes