Vendas de casas novas nos EUA caem em novembro para menor nível em um ano

(Reuters) - As vendas de novas residências unifamiliares nos Estados Unidos caíram para o menor nível em um ano em novembro, mas o declínio inesperado é provavelmente temporário, em função da escassez crônica de casas antigas, o que tem sustentado a demanda por novas construções.

As vendas de casas novas diminuíram 12,2% em novembro, para uma taxa anual ajustada sazonalmente de 590.000 unidades no mês passado, o nível mais baixo desde novembro de 2022, disse o Census Bureau do Departamento de Comércio nesta sexta-feira.

Já o ritmo de vendas de outubro foi revisado para baixo, para 672 mil unidades, das 679 mil unidades relatadas anteriormente.

Economistas consultados pela Reuters previam que as vendas de casas novas, que representam 13,4% das vendas de residências nos EUA, se recuperariam para uma taxa de 685 mil unidades.

As vendas de casas novas são contabilizadas no momento da assinatura do contrato, o que as torna um indicador antecedente do mercado imobiliário. Essas vendas, no entanto, podem apresentar volatilidade mês a mês. As vendas aumentaram 1,4% em novembro em relação ao ano anterior.

(Reportagem de Lucia Mutikani)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes