Projeção do Orçamento de Israel vê guerra em Gaza até pelo menos fevereiro

Por Steven Scheer

JERUSALÉM (Reuters) - A guerra de Israel com o Hamas em Gaza provavelmente custará ao país pelo menos mais 50 bilhões de shekels (cerca de 14 bilhões de dólares) em 2024, disse o Ministério das Finanças nesta segunda-feira, projetando que os combates durarão até fevereiro.

Ao informar os parlamentares, o vice-comissário de Orçamento do ministério, Itai Temkin, disse que a guerra deve se estender por pelo menos dois meses em 2024, acrescentando 30 bilhões de shekels para segurança e outros 20 bilhões para despesas civis e outras.

Isso, disse ele ao Comitê de Finanças do Knesset, elevaria os gastos totais com defesa em mais de 48 bilhões de shekels além do que havia sido inicialmente alocado.

Os gastos orçamentários totais em 2024 subiriam para 562,1 bilhões de shekels em relação aos 513,7 bilhões planejados e levariam a um déficit orçamentário de 5,9% do Produto Interno Bruto, acima da meta de 2,25%.

Com a expectativa de que o déficit aumente em 75 bilhões de shekels para 114 bilhões de shekels no próximo ano, Temkin disse que a diferença exigiria o corte de outras despesas ou o aumento da receita.

Ele também disse que, no momento, não era possível planejar a possibilidade de que a guerra contra os islamitas palestinos do Hamas em Gaza se estendesse até março ou mais.

"É possível que... tenhamos que atualizá-lo e teremos que atualizá-lo à medida que a guerra se prolongar", disse ele.

(Reportagem de Steven Scheer)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes