Wall St fecha com leves altas, conforme S&P 500 oscila perto de recorde histórico de fechamento

Por Stephen Culp

NOVA YORK (Reuters) - As ações dos EUA fecharam em ligeira alta nesta quarta-feira, com poucas notícias para movimentar o mercado e o S&P 500 pairando um pouco abaixo de seu fechamento máximo.

O volume foi leve e os três principais índices acionários dos EUA oscilaram entre ganhos e perdas modestos durante a sessão. Todos os três permaneceram no rumo dos ganhos mensais, trimestrais e anuais.

O S&P 500 fechou 0,3% abaixo de seu recorde de fechamento de 4.796,56 pontos, alcançado em 3 de janeiro de 2022. O Dow registrou um novo recorde de fechamento.

“Quando você tem poucos catalisadores e o mínimo de operações, tende a ver a continuação das tendências”, disse Chuck Carlson, CEO da Horizon Investment Services em Hammond, Indiana.

“Temos três dias restantes de negociação no ano”, acrescentou Carlson. "Isso significa que faltam três dias para a colheita de impostos, três dias para a vitrine do portfólio... esse tipo de coisa pode ser ampliado devido à falta de volume de negócios."

Após os dados do índice de preços PCE de sexta-feira, mais frios do que o esperado, as apostas estão se firmando de que o Fed começará a realizar seu primeiro corte nas taxas já em março, o que está apoiando ações sensíveis às taxas de juros e dando aos principais índices de Wall Street uma tendência ascendente.

Os mercados financeiros precificavam uma probabilidade de 73,9% de que os formuladores de política reduzirão a taxa básica de juros na conclusão da sua reunião de março, de acordo com a ferramenta FedWatch da CME.

O Dow Jones Industrial Average subiu 0,3%, para 37.656,52 pontos, o S&P 500 ganhou 0,14%, para 4.781,58 pontos e o Nasdaq Composite avançou 0,16%, para 15.099,18.

Continua após a publicidade

Entre os 11 principais setores do S&P 500, o imobiliário registrou o maior ganho percentual, enquanto as ações do setor energético, afetadas pela queda dos preços do petróleo, foram as que mais perderam.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes