Wall St opera perto da estabilidade no último dia de negociações do ano

(Reuters) - Os principais índices acionários norte-americanos estavam quase inalterados no último dia de negociações de um ano positivo, que viu o S&P 500 chegar perto de um pico recorde com expectativas crescentes de que o Federal Reserve cortará os juros no início do próximo ano.

O S&P está a uma pequena distância de sua máxima histórica de fechamento, atingida em janeiro de 2022. Se terminar acima desse nível, isso confirmaria que o índice entrou em uma trajetória de alta depois de atingir a mínima de fechamento em outubro de 2022.

Os três principais índices estavam no caminho de avanços mensais e trimestrais, bem como para ganhos de dois dígitos em 2023. Eles também vislumbravam seu nono ganho semanal consecutivo, com o S&P próximo de sua mais longa sequência de ganhos semanais desde 2004.

O Dow Jones atingiu uma máxima na quinta-feira, enquanto o Nasdaq está a caminho de seu maior salto anual desde 2003, recuperando-se de forma acentuada de uma queda no ano passado.

Com os aumentos agressivos dos juros do Fed esfriando o mercado de trabalho dos Estados Unidos e pressionando a economia, os investidores têm ampliado suas apostas de cortes em 2024.

De acordo com a ferramenta FedWatch da CME, a probabilidade de as autoridades reduzirem a taxa em 25 pontos-base em março era de quase 73%.

"Os ânimos mudaram radicalmente nos últimos dois meses. A expectativa agora de que o Fed reduzirá os juros no próximo ano deu um impulso adicional ao mercado", disse Paul Nolte, consultor sênior de patrimônio e estrategista de mercado da Murphy & Sylvest.

Embora o otimismo possa continuar no curto prazo, Nolte apontou para os riscos de uma inflação persistente em 2024 que pode forçar o Fed a manter os juros elevados.

O ano de 2023 foi marcado por aumentos agressivos dos juros do Fed -- que foram finalmente interrompidos em setembro--, a crise bancária em março, um boom de ações de inteligência artificial, a guerra entre Israel e Hamas e preocupações econômicas que acabaram reforçando as apostas de afrouxamento monetário.

Continua após a publicidade

O setor de tecnologia da informação deve emergir como o setor de melhor desempenho em 2023, com alta de 57,2%, beneficiando-se de uma exuberância de IA e de um aumento nas ações de megacapitalização, enquanto o setor de serviços públicos foi o mais atingido, com uma queda de 10,4%.

Nvidia e Meta foram os maiores ganhadores anuais no S&P 500.

Às 12:46 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,03%, a 4.784,79 pontos, enquanto o Dow Jones caía 0,02%, a 37.702,66 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite recuava 0,03%, a 15.090,16 pontos.

(Por Amruta Khandekar e Ankika Biswas em Bengaluru)

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes