Ações iniciam 2024 em baixa com papéis de tecnologia liderando as quedas

Por Ankika Biswas e Shashwat Chauhan

(Reuters) - O índice acionário de referência da Europa encerrou o primeiro dia de negociação do ano novo em baixa, com as ações de tecnologia entre as principais quedas nesta terça-feira, conforme investidores deram adeus a um 2023 positivo, cujas semanas finais foram marcadas por expectativa de cortes iminentes nos juros.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em queda de 0,20%, a 478,06 pontos, depois de atingir seu nível intradiário mais alto desde janeiro de 2022, com os rendimentos dos títulos públicos da zona do euro também em alta. [GVD/EUR]

O índice do setor de tecnologia liderou as quedas, com uma baixa de 1,8%, pressionado por uma queda de 2,6% nas ações da fabricante de equipamentos de chips de computador ASML depois que o governo holandês revogou parcialmente uma licença de exportação para o envio de algumas de suas máquinas para a China.

Os setores de varejo e imobiliário também perderam 1,2% e 1,1%, respectivamente.

As expectativas de uma política monetária mais branda impulsionaram um salto de 12,7% no STOXX 600 em 2023, recuperando-se quase totalmente de uma queda de 12,9% no ano anterior, depois que os principais bancos centrais fizeram aumentos rápidos dos juros para conter a inflação em alta.

As ações italianas foram as de melhor desempenho em 2023, enquanto os índices DAX de Frankfurt e CAC-40 de Paris também atingiram recordes.

"Há essas expectativas de que é um novo ano, uma nova configuração, mas, fundamentalmente, nada mudou... O foco continua nos dados econômicos e no que vai acontecer com os bancos centrais e a política monetária", disse Daniela Hathorn, analista sênior de mercado da Capital.com.

O índice de bancos da zona do euro subiu 1,6% e atingiu seu nível mais alto desde maio de 2018, com o Monte dei Paschi da Itália em alta de 6,1% depois que o ministro da Economia do país, Giancarlo Giorgetti, disse em uma entrevista a um jornal que a venda da participação do Tesouro italiano no banco está sendo bem-sucedida.

Continua após a publicidade

Em LONDRES, o índice Financial Times recuou 0,15%, a 7.721,52 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,11%, a 16.769,36 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 perdeu 0,16%, a 7.530,86 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 0,57%, a 30.524,63 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 0,79%, a 10.182,10 pontos.

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 0,90%, a 6.454,32 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes