Bolsas na Europa fecham em alta com bancos e empresas de serviços públicos

Por Shashwat Chauhan e Ankika Biswas

(Reuters) - As principais bolsas na Europa fecharam no azul nesta quinta-feira, puxadas por ações de bancos e empresas de serviços de utilidade pública, com investidores repercutindo dados econômicos mais recentes do continente.

O índice pan-europeu STOXX 600 fechou em alta de 0,69%, a 477,68 pontos, depois de cair por dois dias consecutivos e atingir seu nível mais baixo desde 13 de dezembro na quarta-feira.

O índice do setor de bancos liderou a recuperação, com alta de 1,7%, enquanto o de empresas de serviços públicos avançou 1,5%.

O índice do setor de saúde continuou sua sequência de altas e subiu 1,4%, elevando para cinco o número de dias consecutivos de ganhos.

No lado negativo, o índice do setor de varejistas caiu 0,8% enquanto o de papéis de tecnologia recuou 0,4% e registrou seu quinto dia consecutivo de perdas.

Da agenda desta quinta-feira, a inflação alemã subiu em linha com as expectativas em dezembro, assim como os preços aos consumidores franceses.

Outros dados também mostraram que a contração na atividade comercial da zona do euro continuou no final de 2023.

O foco agora está voltado para uma estimativa preliminar da inflação da zona do euro como um todo na sexta-feira.

Continua após a publicidade

As compras nos pregões europeus também encontraram apoio em dados que mostram que a atividade de serviços da China expandiu no ritmo mais rápido em cinco meses.

Em LONDRES, o índice Financial Times avançou 0,53%, a 7.723,07 pontos.

Em FRANKFURT, o índice DAX subiu 0,48%, a 16.617,29 pontos.

Em PARIS, o índice CAC-40 ganhou 0,52%, a 7.450,63 pontos.

Em MILÃO, o índice Ftse/Mib teve valorização de 1,01%, a 30.403,96 pontos.

Em MADRI, o índice Ibex-35 registrou alta de 1,28%, a 10.182,40 pontos.

Continua após a publicidade

Em LISBOA, o índice PSI20 valorizou-se 1,18%, a 6.486,34 pontos.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes