Wall Street sobe com impulso de megacaps mesmo sob peso de dados fortes de emprego

Por Johann M Cherian e Shristi Achar A

(Reuters) - Os principais índices de Wall Street subiam nesta sexta-feira, com ganhos de ações de megacapitalização compensando a pressão de um relatório de empregos mais forte do que o esperado que atenuou expectativas de cortes rápidos nas taxas de juros este ano.

Relatório do Departamento do Trabalho mostrou que os empregadores dos EUA contrataram mais trabalhadores do que o esperado em dezembro, ao mesmo tempo em que aumentaram os salários em um ritmo sólido. A taxa de desemprego se manteve estável em relação a novembro, em 3,7%, em comparação com expectativas de um aumento de 3,8%, enquanto os ganhos médios avançaram 0,4% em uma base mensal, contra previsão de crescimento de 0,3%.

"Embora os dados confirmem que a economia está forte e que uma aterrissagem suave está em andamento, é meio um 'reality check' para um mercado que estava ligeiramente à frente", disse Ross Mayfield, analista de estratégia de investimentos da Baird.

"Esse relatório certamente empurra um pouco as expectativas e maio é provavelmente uma boa base para se usar agora (para cortes nas taxas)."

Os mercados monetários reduziram as expectativas de um corte nas taxas em março, com os traders vendo agora uma chance de 57% de um corte de pelo menos 25 pontos-base, de quase 65% antes dos dados, de acordo com a ferramenta FedWatch do CME Group.

Enquanto isso, relatório do Instituto de Gestão do Fornecimento mostrou que a atividade de serviços dos EUA desacelerou consideravelmente em dezembro, com o índice dos gerentes de compras (PMI) marcando 50,6, contra expectativa de 52,6.

Grandes ações de tecnologia, incluindo Amazon.com, Nvidia e Alphabet subiam entre 0,4% e 1,2%, amortecendo os índices.

Em uma base semanal, o índice de referência S&P 500 estava a caminho de seu pior desempenho desde o final de outubro, enquanto o Nasdaq caminhava para sua pior semana desde o final de setembro, impactado pela rotação de ações de alta tecnologia para setores defensivos, como saúde, finanças e serviços públicos.

Continua após a publicidade

Às 12:44 (de Brasília), o índice S&P 500 ganhava 0,51%, a 4.712,43 pontos, enquanto o Dow Jones subia 0,34%, a 37.566,70 pontos. O índice de tecnologia Nasdaq Composite avançava 0,59%, a 14.596,04 pontos.

Os setores financeiro e de energia lideravam os avanços entre os 11 setores do S&P 500, com alta de 0,7% e 0,6%, respectivamente.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes